Os dois lados do cérebro: se você tem dois precisa usar os dois!

Nós estamos aqui para trazer verdades não é senhoras e senhores?

Pois bem, então vamos lá. Tá tendo uma hipervalorização do lado masculino do cérebro e tá todo mundo ficando stressado AAAA! Se você fica se gabando por aí porque é racional, analítico, crítico, linear e que está pouco se importando em desenvolver características pertinentes ao lado feminino do cérebro, você pode se dar mal, se tornando extremamente ansioso, rígido, tenso. O grande lance de toda essa situação é a seguinte: o fato de usarmos as características relativas ao lado feminino do cérebro não nos faz piores do que quem não usa, muito pelo contrário: podemos ter uma nova forma de olhar as coisas. O feminino é criativo, holístico (ou seja, considera o todo não somente partes separadas), não é nada nada nada linear, é abstrato, é intuitivo. E gente, se temos a nossa intuição não é à toa, ela precisa ser usada. Precisamos dar vasão para que as coisas fiquem mais leves, para que possamos deixar pra lá, para que possamos abrir espaço para sentir. E você, qual das partes do cérebro você anda usando?